ANÁLISE THE WARRIORS – OS SELVAGENS DA NOITE


PRODUÇÃO: Rockstar Games

DISTRIBUIÇÃO: Rockstar Games

LANÇAMENTO: 2005

PLATAFORMA: Playstation 2/ XBOX

É galera, após um bom tempo sem postar um review resolvi trazer para vocês  um texto sobre o game The Warriors, game lançado em 2005 para Playstation 2 e Xbox, espero que curtam o texto.

Videogames e cinema são mídias diferentes que desde o início da década de 90 estão se tornando mais próximas, sejam pelos games baseados em filmes e também pelos filmes baseados em games.  Embora como sabemos, nem sempre essa combinação dê certo, como vimos em filmes terríveis como  Street Fighter, Super Mario, Dead or Alive, sem contar os filmes do cinesta alemão Uwe Boll. Para não falar dos games baseados em filmes, mas isso é outra história.

Porém sempre existe uma luz no fim do túnel (que não é um trem vindo na sua direção) pois na última década houveram de fato bons games baseados em filmes como Godfather, X-men Origins: Wolverine, Scarface e The Warriors.

Os Selvagens da Noite

The Warriors é um filme lançado em 1979, que mostra diversas gangues da cidade de Nova York em uma reunião liderada por Cyrus, líder dos Riffs maior gangue da cidade para que tomassem o poder da cidade, contudo no meio dessa história alguém atira em Cyrus e os Warriors são acusados injustamente. E aí começam os problemas dos Warriors em uma fuga desesperada pelos territórios de diversas gangues até conseguirem chegar a sua área. Vale lembrar que por aqui o filme foi chamado de “Os Selvagens da Noite” e costumava passar nas tvs abertas nos tempos que as “sessões da tarde” costumavam passar bons filmes.

O grande acerto da Rockstar na sua adaptação do filme foi não apenas tentar recriar as passagens do filme, mas expandir e muito o universo não explorado no título original. Por isso vemos no jogo muitas missões que mostram como foi a formação dos Warriors , como foi a entrada de cada membro principal, como criaram sua reputação fatos que não foram explorados pelo filme, além de personagens pouco aproveitados no filme como Cleon, líder dos Warriors receberem uma maior importância.

Os gráficos estão no padrão da geração 128 Bits, não chegam a ser tão bons como em Resident Evil 4, mas funcionam bem, com um estilo sombrio que lembra Manhunt exibindo cenários grandes escuros e sujos, mas também por diversos elementos interativos como garrafas, latas de lixo, pedaços de madeira, enfim tudo que pode se tornar uma arma em potencial em uma briga de rua, além de poder utilizar elementos do cenário como paredes e temos ainda uns efeitos em câmera lenta de quando os personagens são atingidos com golpes mais poderosos.

Contudo é possível ver que a houve realmente um trabalho competente da Rockstar em implantar um sistema de danos nos personagens, já que muitas vezes ao fim de um estágio seus personagens chegam mais arrebentados que se estivessem saído numa luta com o Anderson Silva ou Mike Tyson em seu bons tempos. Outro ponto a ser destacado é a modelagem de alguns personagens que ficaram bem parecidos com  suas contra partes do mundo real  como: Cleon, Swan e Ajax.

A parte sonora teve um trabalho muito cuidadoso e de primeira linha utilizando muito material original do filme, como as músicas e principalmente as dublagens, pois boa parte do elenco original do filme fez as gravações dos diálogos rendendo ótimas atuações e dando a impressão que realmente estamos assistindo ao filme, quando na verdade estamos jogando um game..

Inicialmente The Warriors foi classificado como um beat’n up, um game de pancadaria, porém não acho isso justo, afinal o game oferece tantas passagens por estilos diferentes como plataforma na parte em que os Warriors precisam fugir dos Hi Hats numa corrida pelos telhados da cidade após um concurso de grafite ou ainda  furtividade, quando eles precisam passar de forma desapercebida pelo território dos Turn Bulls AC’s.

O game ainda possui uma enorme quantidade de mini-games embutidos em seu contexto, desde quando você precisa fazer uns “ganhos” roubando toca-fitas de carros ou colocando a marca dos Warriors em cima do grafite de outra gangue, sem falar do bônus liberado após fazer todos as “flashback missions” que nos remete a clássicos da pancadaria como Double Dragon.

Warriors come out to play

O sistema de combate funciona muito bem contando com uma variedade muito grande de movimentos entre socos, chutes, arremessos e um “rage mode” obtido após bater em muitos oponentes que permite ao seu personagem deixar a movimentação em câmera lenta e usar golpes especiais muito mais poderosos, também como nos games antigos de pancadaria.

O game não tem grandes problemas técnicos, o que realmente atrapalha algumas vezes é o sistema de câmeras que em algumas situações não deixa que o jogador tenha uma visão precisa de onde está seu personagem ou o inimigo e esse problema é agravado quando estão jogando duas pessoas ao mesmo tempo.

The Warriors é um ótimo produto da Rockstar Games que não apenas transportou toda atmosfera do filme para o mundo dos games, como expandiu muito o enredo do título original, preenchendo as várias lacunas que o filme acabou não explicando como: de que forma  surgiram os Warriors, como conseguiram sua reputação, além de mostrar muito mais gangues que não apareceram no filme.

Tudo isso faz com que The Warriors seja um game obrigatório para aqueles que curtem um jogo com muita ação e pancadaria, assim como para aqueles que curtiram o filme tem a oportunidade de ter encarar uma experiência mais profunda pelo sub-mundo das gangues de Nova Iorque.

NOTA:8.5

PRÓS:

– Perfeita relação filme x jogo

-Jogabilidade variada

– Muitos extras

– Possibilidade de jogar com um amigo

CONTRAS:

– Sistema de câmeras confuso

– A dificuldade pode afastar alguns jogadores

Vídeos:

comentários
  1. eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee nnnnnnnnnis

  2. edson disse:

    eu aconselho pq foi o melhor jogo que joguei e tabem joge driver pl de ps2
    vcs vam adorar

  3. jose disse:

    fnaghiyhfuy warriors e loco

  4. Warlord disse:

    Ótimo texto concordo com tudo inclusive
    com o problema do sistema de câmeras que te
    deixa confuso com dois jogadores. Um conselho comprem o jogo
    em pouco tempo estarão viciados e se perceber
    que é sua praia assistam o filme.
    É simplesmente demais!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s